- Convênios  
  - Marque Consulta  
  - Exames  
  - Trabalhe Conosco  
  - Imprensa  
  - Humanização  
  - Ajude o IBCC  
  - Informativos  
  - Transplantes  
 
     
  NOTÍCIAS  
 
 
 
04.04.2018 - Planejamento estratégico no IBCC: a base para o sucesso de uma empresa
 
“Uma empresa sem estratégia faz qualquer negócio”, afirma Michael Porter, autor de teorias e livros sobre estratégia e competitividade. Na área de saúde o cenário não é diferente, a estratégia precisa ser desenhada e comunicada para que a organização tenha sustentabilidade e posicionamento no ambiente dinâmico. Pensando nisso, o Núcleo Interno de Qualidade, Estratégia e Segurança do Paciente (NIQESP) do IBCC, trouxe na última quinta-feira (29/03/2018) os conceitos do planejamento estratégico, vetores para a sua construção e a importância de conectar atividades de gestão ao desenvolvimento da estratégia escolhida.

“Estratégia pode ser definida como caminho, direção, escopo de uma organização a longo prazo para obter vantagem em ambiente de mudança”, destaca Letícia Marina, assistente do planejamento estratégico e facilitadora da capacitação.

O objetivo foi nivelar o conhecimento entre as lideranças que estão relacionadas direta e indiretamente com os objetivos estratégicos. As aulas foram ministradas em dois períodos e abordaram a importância do posicionamento do negócio, estudo dos ambientes internos e externos e como a análise dessas informações se desdobra em diretrizes. Além da importância do envolvimento dos níveis estratégico, tático e operacional para que a estratégia desenhada tenha sucesso.

Durante a apresentação foram apresentadas as etapas que constituem a elaboração do planejamento estratégico do IBCC, ressaltando a importância do mapeamento de processos, painéis de gestão, performance de indicadores, detecção e dissolução de problemas e as iniciativas que colaboram para a resolução destes.

“Em suma, para obter sucesso, o planejamento estratégico precisa de um ambiente favorável, que acolha a estratégia. Requer foco para definir o direcionamento. Equipe articulada e planos bem desenhados para orientar e desenvolver os objetivos estratégicos, além de patrocínio, que se configura como um investimento, ou seja, alguém que compreenda as necessidades dos setores”, reforça Letícia.