- Convênios  
  - Marque Consulta  
  - Exames  
  - Trabalhe Conosco  
  - Imprensa  
  - Humanização  
  - Ajude o IBCC  
  - Informativos  
  - Transplantes  
 
     
  ESPECIALIDADES MÉDICAS  
 
 
     
 

Urologia

Saiba mais sobre Urologia

O que é Urologia?
Urologia é a especialidade médica que se ocupa das doenças relacionadas às vias urinárias e ao sistema reprodutor masculino. Os urologistas são os profissionais que tratam de pacientes com distúrbios ou doenças nesses órgãos, como o câncer. Rins, ureteres, bexiga urinária, testículos, epidídimos (canal localizado atrás do testículo e que coleta e carrega o esperma), ducto deferente, vesículas seminais, próstata, pênis e adrenal são os órgãos tratados pela Urologia.

Quais são os principais cânceres que atingem os órgãos estudados pela Urologia?
Próstata, bexiga, rim, testículos e pênis são os principais órgãos que podem ser acometidos pelo câncer na Urologia. Dentre eles, próstata, bexiga e testículos são os mais comuns, representando mais de 90% dos casos de cânceres urológicos.

Câncer de próstata

O que é próstata?
A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen, logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Ela envolve a porção inicial da uretra, tubo que elimina a urina da bexiga. A próstata também produz parte do sêmen liberado durante o ato sexual.

O que é câncer de próstata?
É uma doença que faz as células da próstata sofrerem alterações e começarem a se multiplicar sem controle. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma.

Diagnóstico / Prevenção

O que causa o câncer de próstata?
Ainda não existe um conhecimento pleno de todas as causas do câncer de próstata, mas alguns fatores podem aumentar as chances de desenvolver a doença. A idade é um deles. Cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Outro ponto é o histórico familiar. Um homem que possui um parente (pai e irmãos) com câncer de próstata tem de duas a 10 vezes mais chances de desenvolver a doença do que um homem que não possui nenhum parente próximo com a enfermidade.

Quais os sintomas do câncer de próstata?
Na fase inicial, o câncer de próstata tem evolução silenciosa e seus sintomas são parecidos com o crescimento benigno da próstata. São eles: dificuldade de urinar e necessidade de urinar mais vezes durante o dia e à noite. Na fase avançada, com sua disseminação,pode provocar dor nos ossos, infecção generalizada e insuficiência renal.

Como se detecta o câncer de próstata?
O câncer de próstata pode ser investigado por meio dos exames: toque retal e Antígeno Prostático Específico (PSA, do inglês). No toque retal, o médico introduz o dedo indicador recoberto por uma luva no ânus do paciente para palpar a próstata. Se há aumento da glândula, endurecimento ou nódulos, o profissional pode pedir exames-diagnósticos mais detalhados, como a ultrassonografia. Nos casos de alguma alteração, o médico solicitará uma biopsia, que poderá ser guiada pela ultrassonografia e assim confirmar o diagnóstico.

Há como prevenir o câncer de próstata? A partir de que idade os homens devem fazer exames preventivos de câncer de próstata e qual é a periodicidade indicada?
A melhor prevenção é fazer os exames anuais, mas a alimentação e a atividade física, reconhecidas como prevenção primária, podem ajudar a evitar o câncer de próstata. Isto porque alguns alimentos possuem uma certa capacidade protetora contra a doença, como o tomate e frutas em geral. Já a dieta rica em gordura animal pode aumentar o risco de desenvolver o câncer de próstata. Em relação à atividade física, os médicos recomendam, no mínimo, 30 minutos diários de exercício. Não fumar e não beber também são fortes aliados da saúde. Os homens com mais de 50 anos devem fazer os exames preventivos uma vez por ano. Porém, aqueles com casos de câncer de próstata na família (pai e irmãos) ou de câncer de mama (mãe e irmãs) devem procurar o urologista antes dessa idade.

O câncer de próstata tem cura?
Sim, especialmente os que forem diagnosticados precocemente, ou seja, aqueles localizados dentro da próstata.

Tratamentos

Qual é o tratamento indicado para o câncer de próstata detectado precocemente?
O procedimento mais empregado é a cirurgia radical (prostatectomia), com índice de cura de 96%. Quimioterapia e/ou Radioterapia também podem fazer parte do tratamento.

Quais são os tipos de tratamentos possíveis nos diagnósticos tardios?
É possível realizar um tratamento paliativo, sem a finalidade curativa, mas que pode manter o câncer inativo por um período superior a 20 anos. Nesses casos, é adotada a hormonioterapia.

Dúvidas frequentes sobre câncer de próstata

Todos os homens estão vulneráveis a desenvolver o câncer de próstata?
O câncer de próstata pode atingir qualquer homem. Porém, as estatísticas indicam que os homens com casos na família são mais vulneráveis ao desenvolvimento desse tipo de câncer.

É possível reverter o quadro de impotência nos pacientes submetidos ao tratamento do câncer de próstata?
A impotência propriamente dita só é aceita definitivamente após um ano da cirurgia, pois o retorno da atividade sexual costuma se desenvolver ao longo deste período nos indivíduos em que foi possível a preservação dos nervos erigentes (nervos responsáveis pela transmissão dos impulsos nervosos que comandam a ereção).

Câncer de bexiga

O que é bexiga?
É o órgão que armazena a urina produzida pelos rins.

O que é câncer de bexiga?
É uma doença que faz com que tumores malignos cresçam sem controle na bexiga urinária. Depois do câncer de próstata é o segundo que mais acomete os homens. Há três tipos de cânceres na bexiga. O carcinoma de células de transição (é o mais comum e começa nas células do tecido interno da bexiga); o carcinoma de células escamosas (surge nas células delgadas e planas, depois de infecção ou irritação prolongada); e o adenocarcinoma (ocorre nas células glandulares depois de um longo tempo de irritação ou inflamação).

Diagnóstico / Prevenção

O que causa o câncer de bexiga?
A causa exata do câncer de bexiga é incerta, mas fumar é um dos fatores principais que pode levar a pessoa a desenvolver a doença.

Quais os sintomas do câncer de bexiga?
Os sintomas são parecidos com outras doenças do aparelho urinário, como sangue na urina, dor quando está urinando e a constante necessidade de urinar, mas sem conseguir fazê-lo.

Como se detecta o câncer de bexiga?
A doença pode ser detectada por exame de urina, tomografia computadorizada e citoscopia (equipamento com câmera para analisar a bexiga).

Há como prevenir o câncer de bexiga?
Dieta equilibrada, rica em frutas, legumes e verduras e pobre em gorduras pode ajudar a prevenir o câncer de bexiga. Não fumar também é fundamental para evitar o risco de desenvolver a doença.

Existe algum grupo de risco para o desenvolvimento do câncer de bexiga?
O grupo com maior probabilidade de desenvolver a doença são os homens brancos com idade avançada.

O câncer de bexiga tem cura?
A cura depende do estágio da doença, da idade e da saúde geral do paciente.

Tratamentos

Quais são os tratamentos para o câncer de bexiga?
Depende do grau da doença, podendo ser cirúrgico, quimioterápico e/ou radioterápico, sempre seguindo a necessidade de cada caso. Há três opções de cirurgias: ressecção transuretral (remoção do tumor durante o exame citoscopia); cistotectomia segmentada (retirada de uma parte da bexiga); e cistotectomia radical (retirada completa da bexiga com construção de um novo órgão para armazenar a urina).

Câncer de testículo

O que é testículo?
É um órgão do sistema reprodutor masculino, localizado dentro da bolsa escrotal e responsável pela produção dos espermatozóides e da testosterona.

O que é câncer de testículo?
É uma doença que faz com que tumores malignos cresçam sem controle nos testículos. Dentre os tumores malignos do homem, 5% ocorrem nos testículos. Pode ser curado quando detectado precocemente e apresenta baixo índice de mortalidade.

Diagnóstico / Prevenção

O que causa o câncer de testículo?
Alguns fatores estão relacionados ao desenvolvimento do câncer de testículo, como histórico familiar, lesões e traumas na bolsa escrotal e criptorquidia (quando o testículo não desce para a bolsa escrotal). Na infância, o pediatra precisa verificar se a bolsa escrotal desceu normalmente para os testículos.

Quais os sintomas do câncer de testículo?
O principal sintoma é o surgimento de nódulo duro, geralmente indolor, mas é importante ficar atento a outras alterações, como aumento ou diminuição do tamanho dos testículos, dor na parte baixa do abdômen, sangue na urina e aumento dos mamilos. Por isso, é importante a realização do autoexame. Se notar qualquer anormalidade, procure um médico urologista.

Como se detecta o câncer de testículo?
O médico pode solicitar exames de sangue, ultrassonografia e biopsia para diagnosticar a doença.

O câncer de testículo tem cura?
Sim. As chances de cura do câncer de testículo podem chegar a 100% dos casos na fase inicial. Quanto mais cedo ele for diagnosticado, melhores serão os resultados.

Tratamentos

Quais são os tratamentos para o câncer de testículo?
O principal tratamento é o cirúrgico, complementado com Quimioterapia e/ou Radioterapia.

Dúvidas frequentes sobre câncer de testículo
A retirada do testículo afeta a vida sexual e reprodutiva do paciente?

Não, desde que o outro testículo esteja sadio.

Autoexame

» Clique no link e saiba como realizar o autoexame

Câncer de rim

O que é rim?

Os rins são duas glândulas localizadas nos lados da coluna vertebral. Eles exercem algumas funções vitais para o organismo, como filtrar impurezas, equilibrar a pressão arterial e produzir hormônios e vitaminas.

O que é câncer de rim?
É uma doença que faz as células dos rins sofrerem alterações e começarem a se multiplicar sem controle.

Diagnóstico / Prevenção

O que causa o câncer de rim?
A causa exata do câncer nos rins ainda é desconhecida, mas alguns fatores aumentam os riscos de desenvolver a doença, como tratamento com diálise, histórico na família, hipertensão, fumo, doença renal policística, etc.

Quais os sintomas do câncer de rim?
Dor nas costas, perda de peso, sangue na urina, inchaço das veias ao redor de um testículo, dor abdominal e inchaço do corpo.

Como se detecta o câncer de rim?
Se a doença não se espalhou pelo corpo, ela pode ser diagnosticada por exame físico ou exames como tomografia computadorizada abdominal, hemograma completo e ultrassom do abdômen e dos rins. Mas, se o câncer estiver em outros órgãos, a doença pode ser descoberta pelos exames de cintilografia óssea, tomografia por emissão de pósitrons (PET, do inglês) e ressonância magnética abdominal.

Há como prevenir o câncer de rim?
Não há como prevenir o câncer de rim, mas não fumar, praticar atividade física regularmente e controlar o peso são alguns fatores que podem ajudar a evitar o mal.

O câncer de rim tem cura?
A cura depende do estágio da doença, da idade e da saúde geral do paciente.

Tratamentos

Quais são os tratamentos para o câncer de rim?
O principal tratamento é cirúrgico, mas em alguns casos o tratamento hormonal pode reduzir o crescimento do tumor. Radioterapia e Quimioterapia não são eficazes no combate ao câncer de rim.
As informações contidas neste folder são orientações gerais. Elas nunca devem substituir as especificações feitas pelo médico para o seu caso.

 
     
  << Voltar para a tela anterior