HOME      A CHAPA 1    NOSSAS PROPOSTAS     APOIADORES     NOTÍCIAS      CONTATO
  PROPOSTAS CUMPRIDAS | Quem lidera com qualidade, faz a diferença
 
 

Colega Farmacêutico

Estamos à frente da gestão do Conselho há pouco mais de 18 meses, tempo que tem sido dedicado
a colocar em prática o cumprimento das nossas propostas, sendo uma delas, a aquisição de uma sede para ser a Casa do Farmacêutico.

É com muita alegria e responsabilidade que aprovamos na Reunião Plenária, do dia 23 de junho, a compra de um imóvel no valor de R$ 11 milhões.

Para chegarmos a esse valor, zemos muitas pesquisas, visitamos vários imóveis e realizamos estudos de viabilidade nanceira, de modo a proporcionar mais segurança na concretização desse sonho.

Vamos manter os diálogos em busca de novas conquistas e propostas para continuarmos com um Conselho forte, parceiro, operante e com uma gestão participativa.

Um forte abraço

Luciano Batata
PRESIDENTE DO CRF/MG

   
 
 
    PROPOSTAS CUMPRIDAS

1 - Implementar no maior número de municípios a lei da “Semana do Uso Racional de Medicamentos”, preferencialmente na semana do Dia do Farmacêutico, 20 de janeiro, como forma de aumentar a presença e a visibilidade;

2 - Divulgar a prescrição farmacêutica, com ações de rua junto à população;

3 - Criar um programa de cursos de capacitação para prescritores farmacêuticos, de modo a incentivar e qualificar a prática profissional;

4 - Aumentar para 18 (15 titulares e 3 suplentes) o número de Conselheiros Regionais, visando ampliar a representatividade e descentralizar o CRF/MG;

5 - Aumentar o valor dos descontos dasanuidades do CRF para pagamentos efetuados dentro do prazo limite (31 de janeiro);

6 - Apoiar e realizar ações estabelecendo parcerias efetivas com outras entidades farmacêuticas, como o SINFARMIG, SBFC, FEIFAR, ANFARMAG, etc;

7 - Resolver a situação da sede do CRF/MG, que desde julho de 2013 paga aluguel mensal de R$ 60 mil, acumulando um prejuízo de R$ 1.400.000,00 valor que poderia ser investido em melhorias para o farmacêutico, entre elas, cursos de capacitação;

8 - Aproximar de outras entidades, articular ações e somar às lutas em defesa da Saúde;

9 -  Interiorização do Conselho com a volta do Projeto Conselho Presente e melhoria da sua descentralização por meio de suas seções estruturadas e ampliação dos serviços online do CRF/MG.

10 - Propor ações específicas para área dos serviços de saúde, que visem capacitar o Farmacêutico para atuar em Farmácia Clínica e Hospitalar, abrindo o diálogo com as entidades ligadas a essa área de atuação profissional;

11 - Promover e incentivar a participação dos Farmacêuticos nos Conselhos Municipais e Estadual como forma de buscar inserção na Assistência Farmacêutica Pública e defesa da Saúde;

12 - Reestruturar e ampliar o trabalho das Comissões Assessoras, iniciado em 2008, com maior autonomia e visibilidade para o trabalho . “O trabalho em conjunto com profissionais de Destaque na nossa profissão faz a Diferença”;

13 - Apoiar o exercício privativo dos farmacêuticos, por meio da Farmácia Clínica e a Prescrição Farmacêutica;

14 - Defender a obrigatoriedade do Farmacêutico nas unidades de Saúde do SUS, conforme exigido pela Lei 13.021/2014;

15 - Implantar a Assistência Farmacêutica Plena nas farmácias e drogarias, de acordo com o artigo 15
da Lei 5.991/73, de forma gradual, com etapas para cumprimento de toda legislação e com especial
atenção ao farmacêutico proprietário;

16 - Capacitar em alto nível o Serviço de Fiscalização do CRF/MG, investindo em recursos para essa área do Conselho que é a nossa missão precípua de defender os direitos da nossa classe. Para isso, é necessário que a Diretoria à frente da entidade tenha metas preestabelecidas e retome os projetos iniciados em 2008, como a regionalização do CAPACIFIZ, tornando nossa fiscalização mais educativa;

17 - Criar a Câmara Técnica para Assuntos da Mulher, atuando com representatividade perante outros CRFs, CFF, Câmaras Legislativas, procuradorias e Promotorias da Mulher, para discutir as peculiaridades da mulher farmacêutica no ambiente de trabalho e outros assuntos pertinentes;

18 - Oferecer atendimento agendado e assessoria técnica aos farmacêuticos, com gerências de todos os setores e com assessores técnicos, presencialmente no CRF e online;

19 - Reestruturar e ampliar o trabalho das Comissões Assessoras, iniciado em 2008, com maior autonomia e visibilidade para o trabalho dessas comissões. “O trabalho em conjunto com profissionais de Destaque na nossa profissão faz a Diferença”;

20 - Divulgação dos dias e horários das reuniões das comissões assessoras, possibilitando a participação de todo farmacêutico inscrito no CRFMG.